Pré-requisitos que o serviço profissional de vigilância deve ter

Todo serviço de segurança privada deve ser autorizado pela Polícia Federal. Contratar uma empresa de vigilância é como contratar um plano de saúde: a intenção é a proteção, mas você não quer esperar precisar do serviço para confiar na empresa que contrata. Por isso contratar uma empresa de vigilância certificada é essencial para evitar transtornos e surpresas desagradáveis no momento em que mais precisamos. Somente vigilantes com o treinamento e certificação em dia podem prevenir de riscos o seu patrimônio, sua vida e de todos os colaboradores de sua empresa. Por isso a importância de só contratar empresas de segurança
Continue

Mira e pontaria: dicas importantes para o uso correto da arma

Vigilantes e seguranças necessitam do porte de armas de fogo e a capacitação garante aprendizado sobre mira e pontaria O porte de arma de fogo é proibido em todo o território brasileiro, exceto em casos determinados pelo artigo sexto da Lei 10.826/03. Para garantir a segurança alheia, os profissionais da área necessitam adquirir a sua própria e, de acordo com o artigo 117 da Portaria 387/06 do Departamento da Polícia Federal (DPF), o porte de arma de fogo é de seu direito. Sendo assim, seu dever é se capacitar para utilizá-la, como aprender mira e pontaria. Quando se aprende a
Continue

Nichos de segurança para segurança armada e desarmada

Nichos de segurança para segurança armada e desarmada Serviço de vigilância pode contar com segurança armada e desarmada; tem como função inibir ou impedir uma ação criminosa, atuando na prevenção contra qualquer incidente que possa violar o local protegido, com a integridade das pessoas e do patrimônio. A segurança armada e desarmada necessita de profissionais de formação específica, que garantam a segurança com rigorosos critérios de prevenção e proteção, afim de zelar pelas pessoas, bens móveis e imóveis do cliente, de acordo com suas necessidade e conformidade com a legislação vigente. São muitos os nichos em que a segurança armada
Continue

Os riscos da segurança privada clandestina

A atividade de segurança privada só pode ser exercida através de empresas especializadas credenciadas à Polícia Federal. A contratação clandestina traz riscos tanto para a empresa contratada quanto para o contratante e a população em geral. Desconfie se alguém oferecer o serviço como autônomo. É necessário ter vínculo com empresas credenciadas, ter feito o curso de formação de vigilantes (160 horas/aula) e portar a Carteira Nacional dos Vigilantes (CNV) durante a prestação do serviço. A segurança privada é regulamentada pela Lei nº 7.102/83, que determina os limites da atuação dos profissionais. O contratante deve ter conhecimento de todos os procedimentos
Continue

Armas de Fogo: as 7 regras básicas de segurança

Carregar uma arma de fogo exige muito preparo e conhecimento. Os amadores podem causar acidentes – já os bons profissionais de segurança assumem uma postura de prevenção e constante cuidado. Por isso, fique atento às indicações da Hunter´s para manusear este importante e ao mesmo tempo perigoso instrumento com segurança e precisão. Nunca atire contra superfícies rígidas e planas (inclusive a água) Você já ouviu a expressão “o tiro saiu pela culatra”? Se você não prestar atenção no que atira, pode acontecer algo parecido. Em muitos casos, ao atirar contra objetos metálicos, superfícies duras ou água, a bala pode voltar
Continue

Reciclagem em dia: a certeza de um serviço de qualidade

O segmento da segurança privada vem crescendo a cada ano, justamente porque as pessoas não se sentem seguras nas ruas, no ambiente de trabalho e em suas residências. Somente um profissional com boa formação é capaz de atender bem o cliente e contribuir para o benefício de toda a sociedade. Muitas empresas especializadas estão em busca de qualificação para se destacarem no mercado, fidelizando clientes e também criando novas parcerias. Para isso, devem acompanhar as mudanças na profissão e manter os funcionários bem treinados. Um serviço eficiente é possível desde que as empresas contratantes assegurem que todos os seus vigilantes
Continue

A importância da reciclagem profissional

Assim que o aluno é aprovado no curso de vigilante, ele recebe o certificado expedido pela Escola de Formação credenciada pelo Departamento da Polícia Federal (DPF). A partir disso, ele está apto para o mercado de trabalho em todo o território nacional, sempre seguindo as leis que determinam o exercício da profissão. De acordo com a lei 7.102/83, todo vigilante deve realizar o curso de reciclagem a cada dois anos para continuar atuando. Durante as aulas, o aluno irá renovar os seus conhecimentos e técnicas. Além disso, é necessário realizar exame médico e teste psicotécnico. Esta é a determinação legal
Continue