Defesa Pessoal para Vigilantes: Conceito e técnicas mais utilizadas.

As técnicas de defesa pessoal derivam das artes marciais, e devem ser utilizadas com inteligência para neutralizar as ameaças.

Você sabe desde quando existe a defesa pessoal?

Desde os tempos das cavernas o homem procura meios de superar as adversidades. É uma questão de sobrevivência, diante de situações de risco.

E o conceito de defesa pessoal como conhecemos hoje nada mais é do que a elaboração do instrumento de preservação, com o objetivo de resguardar a integridade física.

Dos tempos das cavernas para cá muita coisa mudou: a sociedade evoluiu, criamos leis, preceitos sociais, conceitos religiosos, atitudes éticas e outros fatores, que nos levam a resolver conflitos de outras maneiras, além do instinto primitivo de sobrevivência.

Portanto, diante de situações de risco, um vigilante capacitado e treinado deve utilizar as técnicas de defesa pessoal com o objetivo de neutralizar a ameaça de maneira inteligente, com segurança e ética.

PREVENÇÃO

A defesa pessoal é uma atitude de reação. Ela deve evitar ao máximo o uso de força bruta. Um leigo, em situações de risco, tende a fechar os olhos e cobrir o rosto, afastar-se, estender os braços e gritar. Essas atitudes acabam tornando a vítima um alvo mais vulnerável.

As técnicas de defesa pessoal dividem-se em 3 níveis:

PREVENTIVA: Antecipar-se ao fato ou situação, chegando primeiro e não permitindo

que ela aconteça;

OSTENSIVA: Estar sempre atento a tudo ao seu redor, fazendo-se notar em estado de alerta;

REPRESSIVA: Ação propriamente dita, a hora de entrar para cobrir a situação ou fato.

 

TÉCNICAS

A defesa pessoal utiliza técnicas de uma série de artes marciais, dentre as mais conhecidas:

– Ai-Ki-Do

– Capoeira

– Karatê

– Jiu-Jitsu

– Judô

– Kung-Fu

– Tae-Kwon-Do

– Hap-Ki-Do

 

Entre os princípios de combate, destacam-se:

– Distância correta;

– Posicionamento;

– Energia aplicada;

– “Timing” (tempo, espaço, agilidade e rapidez)

 

Algumas das técnicas mais utilizadas na defesa pessoal são:

– Técnicas de rolamentos;

– Condução de detidos;

– Pegada pela frente, por baixo e por cima dos braços;

– Pegada por trás, por baixo e por cima dos braços;

– Defesa contra chutes;

– Defesa contra socos;

– Defesa de arma branca;

– Defesa de arma de fogo;

– Imobilizações.

 

Acesse Aqui o Manual do Vigilante e saiba mais.

 

CONHEÇA A HUNTER’S

A Hunter’s é uma escola que treina e forma profissionais com a certeza de uma preparação qualificada para atuar na área de segurança. Somos especializados na formação e reciclagem de profissionais e ofertamos diversos cursos voltados para a proteção de patrimônios e indivíduos, aliados a expertise de mais de 19 anos na área.

 

Conheça nossos cursos:

http://www.escolahunters.com.br/cursos/