Atribuições e funções de um porteiro

O porteiro é o cartão de visita do condomínio, peça fundamental, especialmente para a segurança do condomínio. Devemos lembrar que ele deve desempenhar suas funções na área comum, e que seu horário de trabalho deve servir exclusivamente para o seu empregador, qual seja, o edifício ou associação, pois caso contrário desempenhará várias funções em prejuízo da real função para qual fora efetivamente contratado.

Entre suas atribuições e funções estão:

• Ser assíduo e pontual, cumprindo a respectiva escala de serviço;
• Fiscalizar a entrada e saída de pessoas, observando o movimento das mesmas no saguão da portaria principal, nos saguões dos elevadores e nos pátios, corredores do prédio e garagens e procurando identificá-las, para vedar a entrada de pessoas suspeitas, ou encaminhar as demais ao destino solicitado;
• Atender para o uso dos elevadores, observando e vedando o excesso de lotação ou carga e a retenção em andares sem motivos justificáveis, para garantir o cumprimento das disposições internas e legais;
• Sustar o uso do elevador, baseando-se na constatação de desarranjos ou mau funcionamento, para evitar danos aos usuários;
• Encarregar-se da correspondência em geral e de encomendas de pequeno porte enviadas aos ocupantes do Edifício, recebendo-as e encaminhando-as aos destinatários, para evitar extravios e outras ocorrências desagradáveis;
• Manter serviço permanente de portaria e exercer a vigilância continua do Edifício;
• Acender e apagar as luzes das partes comuns do Edifício, observando os horários e/ou necessidades;
• Auxiliar no serviço de segurança interna do Edifício;
• Usar o uniforme e cuidar bem dele;
• Tratar todos os moradores, inquilinos ou proprietários e visitantes, com respeito e urbanidade;
• Ausentar-se da portaria, para execução de outros serviços, somente com conhecimento e autorização do Zelador ou de seu substituto;
• Evitar entreter-se em conversas, com colegas de serviço, moradores ou visitantes, que venham a prejudicar a atenção devida ao serviço;
• Auxiliar, quando solicitado e autorizado, os demais colegas, mesmo que em serviço que não seja o de portaria;
• Operar a mesa de interfones e fiscalizar o seu uso;
• Desempenhar outras atribuições pertinentes ao cargo.

Lembrando que os moradores não devem pedir ao porteiro que:

• Descumpra as regras do condomínio;
• Carregue sacolas de compras;
• Manobre carros na garagem;
• “Fique de olho” nas crianças;
• “Sempre libere tal pessoa”;
• Guarde chaves das unidades ou de automóveis na portaria.

Lembrando que a Escola Hunter´s disponibiliza cursos para formação de Porteiros, saiba mais e entre em contato: http://www.escolahunters.com.br/portaria/

Fonte: www.apezero1.com.br / www.sindico.net