Vigilância: tendências do setor para os próximos anos.

Conheça algumas das tendências que farão a diferença na área de vigilância em um futuro próximo. A IFSEC International 2018, que aconteceu recentemente em Londres, trouxe as principais tendências do setor de vigilância para os próximos anos. A principal feira de segurança da Europa contou com mais de 600 expositores e 27 mil profissionais do segmento. Confira algumas das principais tendências em vigilância: INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL EM TODOS OS LUGARES A Inteligência Artificial esteve presente em quase todos os stands da feira. Com a evolução dos algoritmos e o machine learning, as máquinas passam a ser treinadas para reconhecer padrões e
Continue

Sistema de Alarme: Entenda como funciona.

Conheça um pouco mais sobre o sistema de alarme e suas finalidades. De acordo com o Manual do Vigilante, um sistema de alarme é um sistema de segurança eletrônica com o objetivo de proteger o patrimônio. Além dos equipamentos e sensores, o sistema de alarme pode estar integrado à uma central de monitoramento, que garante muito mais segurança aos usuários. Além do alerta sonoro, o monitoramento permite a ação rápida dos vigilantes em casos de ameaças. Confira os principais equipamentos que podem ser utilizados em um sistema de alarme: – Sensor Infravermelho – Sensor Magnético – Cerca Elétrica – Botões
Continue

Controle de acesso não dispensa a presença de um bom porteiro.

Entenda as diferenças entre o controle de acesso e o serviço de portaria. Você sabe a diferença entre as funções de controle de acesso e de portaria? Muita gente confunde as 2 atividades, e acaba chamando os 2 profissionais de porteiro, mas na prática existem várias diferenças entre as 2 funções. Confira abaixo a descrição e responsabilidades de cada atividade e não fique mais na dúvida: PORTARIA O porteiro (diurno ou noturno) é o profissional que executa e é responsável pelos serviços de portaria, tais como: – Receber e distribuir a correspondência destinada aos condôminos ou inquilinos; – Conhecer todas
Continue

Código Q: Conheça mais sobre o código de abreviações utilizado pelos vigilantes.

O código Q é uma regra que deve ser observada na comunicação por rádio. Você conhece o código Q? Muito provavelmente já ouviu algum vigilante falando QAP ao se comunicar por rádio. Mas você sabe o que isso significa? De acordo com o Manual do Vigilante, existem regras a serem observadas na comunicação por rádio. E uma delas é ocupar a frequência ou canal pelo menor tempo possível. Para isso o código Q é utilizado, abreviando as transmissões em mensagens claras e diretas. ONDE SURGIU O CÓDIGO Q O código Q foi criado pelo governo britânico, por volta de 1909.
Continue

Vigilante de agência bancária: Como funciona a rotina desses profissionais?

Conheça um pouco do dia a dia do vigilante de agência bancária e torne-se um profissional com a Hunter’s! A presença do vigilante de agência bancária em instituições financeiras é obrigatória pela Lei 7.102/83. As agências devem manter vigilância ininterrupta durante todo seu horário de funcionamento. A segurança em bancos e agências, além de obrigatória, é fundamental para os clientes efetuarem suas transações de maneira tranquila e despreocupada. Por guardarem grandes volumes de dinheiro, esses locais são muito visados por criminosos. Portanto, o vigilante de agência bancária deve ser um profissional treinado em escolas especializadas em segurança, e certificados pela
Continue

Formação de vigilante para segurança patrimonial de empresas.

O treinamento é fundamental para a formação de vigilante para atuar na segurança patrimonial de empresas. A formação de vigilante para atuar no ramo de segurança patrimonial é fiscalizada pela Polícia Federal. Os cursos são ministrados por escolas e instrutores certificados, e habilitam o profissional para o exercício da profissão em todo o território nacional. As empresas sérias que oferecem o serviço de segurança patrimonial só contratam profissionais devidamente treinados e certificados. A carga horária e obrigatoriedades específicas dos cursos dependerão do grau de perigo a que o vigilante estará exposto durante o exercício de sua atividade. A Hunter’s, escola
Continue

Vigilante: O que faz, direitos e deveres do profissional de segurança.

Saiba um pouco mais sobre a carreira de vigilante e torne-se um profissional da área com a Hunter’s. Você sabe o que faz um vigilante? Quais os direitos e deveres do profissional de segurança? Com o mercado em crescimento, a demanda por profissionais bem treinados e capacitados nessa área vem aumentando gradativamente. O vigilante é o profissional capaz de agir em situações de risco, para proteger as pessoas e o patrimônio e impedir a ação de criminosos. Ele também pode atuar no gerenciamento de equipes de segurança pessoal e patrimonial, ou em segurança no transporte. ÁREAS DE ATUAÇÃO DO VIGILANTE
Continue

Segurança logística e treinamento: Quais valores o transporte de valores transporta?

A importância da segurança logística e treinamento cresce cada vez mais no segmento de transporte de valores brasileiro. Saiba por quê. O mercado de segurança logística e treinamento está em expansão no Brasil. Uma pesquisa do ILOS (Instituto de Logística e Supply Chain) aponta que uma das principais razões deste aumento é o volume de ocorrências de roubos de cargas no país. De acordo com a pesquisa, foi registrado um aumento de 23% nos roubos e furtos de cargas entre 1999 e 2010, gerando um prejuízo de mais de 8,1 bilhões de reais ao segmento. Desse total, 80% das ocorrências
Continue

Situações de emergência: como o vigilante deve atuar?

Um bom vigilante deve estar sempre pronto para enfrentar situações de emergência sem perder a calma e o controle. Você sabe como um vigilante deve agir em situações de emergência? Um profissional da área de segurança tem que estar sempre pronto para enfrentar situações de emergência ou eventos críticos. De acordo com o Manual do Vigilante, elaborado pela Associação Brasileira dos Cursos de Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes (ABCFAV), estas são as atitudes corretas nos seguintes casos: A) ROUBO – Manter a calma, evitar o pânico e comunicar a polícia na primeira oportunidade; – Contato com o plantão da empresa
Continue

Defesa Pessoal para Vigilantes: Conceito e técnicas mais utilizadas.

As técnicas de defesa pessoal derivam das artes marciais, e devem ser utilizadas com inteligência para neutralizar as ameaças. Você sabe desde quando existe a defesa pessoal? Desde os tempos das cavernas o homem procura meios de superar as adversidades. É uma questão de sobrevivência, diante de situações de risco. E o conceito de defesa pessoal como conhecemos hoje nada mais é do que a elaboração do instrumento de preservação, com o objetivo de resguardar a integridade física. Dos tempos das cavernas para cá muita coisa mudou: a sociedade evoluiu, criamos leis, preceitos sociais, conceitos religiosos, atitudes éticas e outros
Continue